quinta-feira, março 26, 2009

Little guy.



O meu irmão deita-se religiosamente ás dez da noite, e lê durante trinta minutos.
O meu irmão e o melhor amigo levam, todas as sextas-feiras á tarde, as melhores amigas a passear no jardim e ofereçem-lhes gelados.
O meu R. escolheu O Sonho de uma Noite de Verão em vez de Romeu e Julieta, para peça de final de ano no colégio, e deixou-me feliz, mais uma vez.
O meu irmão sabe que se eu o pressiono é porque sei que dele não esperamos nada menos que o melhor, até porque, ele só sabe dar o melhor.
O meu irmão chama-me azeda para em seguida me dar um beijo.
O R. planeia a sua semana á Segunda-Feira, e apesar do seu Pai o achar compulsivo, eu chamo-o organizado e responsável.
O meu irmão quer aprender a tocar guitarra só para poder tocar Polly - Nirvana = irmã mais velha feliz, outra vez.
O R. é, na escola, aquele que todos consultam e se aconselham com, quando têm alguma dúvida, e ele tem sempre tempo para todo/as.
O não do R. não é um nim, o não dele não tem dúvidas e é sempre afirmativo.
O meu irmão faz-me sorrir de cada vez que me lembro que quando caminhou pela primeira vez o fez na minha direcção.


O meu irmão é um mini-homem de 13 anos, e tem um sentido de humor que não me lembro de alguma vez ter encontrado em mais alguém.

O meu R. não é o melhor do mundo, mas no meu mundo, é sem dúvida a melhor pessoa que eu conheço.

E sim, sou uma Littlemissirmãbabada.

:-)))

4 comentários:

Sabor a Mim disse...

Que lindo post :-)

O amor pelos nossos é uma coisa tão maravihosa, não é?

Beijos querida littemiss!

Mariana disse...

gostei do blogue:) bj

convido-a a visitar o meu

Bi disse...

Como eu gostava de ter tido um irmãozinho...

Mas tive a infelicidade de se filha única, o que tem tudo de bom e tudo de mau.

Enfim... we're never satisfied.

Mar disse...

:) que queridos*